Não existe ninguém como você.

O amor próprio esta diretamente ligado com a capacidade que temos de nos aceitar ou não. Quantas vezes traímos nossa essência por nos compararmos com outra pessoa ou áquilo que a sociedade define como verdadeiro e belo? Perceba o quanto existe de falta de amor em uma traição desse tipo. É como se abríssemos mão de nós mesmos e da nossa existência.

Entenda que cada um de nós, sendo exatamente como é, expressa todo brilho e beleza de um vasto universo, cujo valor reside na sua infinita diversidade. Por isso, aceite a si mesmo como uma manifestação única e divina, pois em todo o Universo não existe ninguém como você! Pare e pense sobre isso. Dê a si mesmo o maior amor que for capaz de encontrar no seu coração e aprenda a manifestar esse amor em todos os níveis que for capaz.

Aprenda a amar seu corpo e cuide dele com carinho tendo uma alimentação saudável, praticando uma atividade física e dando “mimos” como um banho super cheiroso. Liberte-se da voz interior que repete o tempo “você não é bom” e aprenda a reconhecer as suas qualidades e elogiar a si mesmo.

Escolha o que faz da vida de acordo com uma visão positiva de si mesmo.

Dê a si o que tiver de melhor, porque é isso que você merece!

Fonte: Yuri de Melo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.