Acho tão chique quem cuida da própria vida… Elegante demais!

Houve um tempo de gente disfarçada de super herói! Um tempo em que somente quem tinha problema era o vizinho (e todos cuidavam da vida dele) porque ter problema era sinal de fraqueza e de pouca benção. Infelizes os que não conseguiam esconder seus conflitos, e sortudos os que os mantinham bem guardados, no fundo da infelicidade não aparente.

Era um tempo de dicotomia: Ou você nascia sem problemas e morria feliz. Ou você nascia com problemas e morria triste. As casas tinham “muros altos” e ninguém sabia o que se passava dentro delas.  De que adiantaria o tempo, se em nada conseguíssemos evoluir, não é mesmo?

Hoje estamos vivendo um período de “desidealização”. Admirado é aquele que evolui e não mais aquele que nasce “pronto” . A múltipla demanda de sobrevivência neste famoso “mundo moderno”  fez com que os conflitos transbordassem os muros altos.

Hoje, os problemas não são mais defeitos, não são mais monstros, são apenas problemas, que vêm e vão!.

Hoje as pessoas não querem passar a vida com seus fardos disfarçados… elas querem vencê-los! Hoje se admite homens que choram, professores que erram, médicos temerosos da morte, psicólogos emotivos, pessoas com dificuldades.

Hoje os problemas e as dificuldades estão normalizados, e a superação está sendo tão admirada quanto (ou até mais) a “pura sorte”.

Hoje reconhecemos que o bem estar é uma conquista e que somos heróis de verdade! Chique não é mais não ter conflitos, mas tê-los bem resolvidos!

E existe coisa mais elegante do que a humildade?!!  Que assim continue sendo… cada vez mais! Por um mundo com mais dores vencidas… com mais vencedores!

Fonte: psicologapariciavale

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.